Consumo: Descubra agora qual é o atual cenário da carne de frango em 2021

Consumo: Descubra agora qual é o atual cenário da carne de frango

No último dia 10 de maio (segunda), foi comemorado o dia mundial do frango, que desde 2012, é celebrado nesta data. A celebração foi lançada pelo International Poultry Council (IPC), órgão máximo da avicultura internacional, e é comemorado pelos avicultores de todos os 25 países membros do conselho. Esta é uma data muito significativa para o setor, pois representa o quão importante é esta proteína para a alimentação no mundo todo, principalmente por se tratar de um alimento muito saudável, saboroso, fácil de ser preparado e acessível para os mais variados públicos.

Apresentamos para você neste artigo, alguns dos principais números e as atualizações sobre o cenário do consumo da carne de frango no Brasil.

 

Consumo

Com alta no preço de aquisição de carne bovina, o frango nos tempos em que estamos vivendo, mais do que nunca, torna-se uma alternativa de proteína animal buscada pelos brasileiros. 

De acordo com Érico Pozzer, presidente da associação paulista de avicultura (APA), observa-se uma crescente no consumo de carne de frango visto os altos preços da carne do boi. Na oportunidade ele afirmou que a produção está elevada, todavia as exportações caíram. Em contrapartida o consumo nacional aumentou, ressalta também que no segundo semestre normalmente é melhor para a avicultura, logo o mercado aposta em uma situação positiva.

Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o consumo de carne de frango apresentou grande crescimento no ano de 2020, quando comparado aos anos anteriores, como demonstrado no gráfico abaixo.

Consumo Per Capita de Carne de Frango no Brasil (Kg/Hab)

 

Projeções

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) o crescimento anual projetado para o consumo da carne de frango é de 2,5% no período 2019/20 a 2029/2030. 

O consumo de carne de frango projetado para a próxima década é de 13,3 milhões de toneladas; Considerando a população total projetada pelo IBGE em 215,0 milhões de pessoas em 2028, tem-se ao final das projeções um consumo de 61,8 kg/hab/ano.

Fato curioso que assola empresas mundialmente reconhecidas nos tempos atuais, é a falta da carne de frango no mercado para suprir as demandas, tendo como exemplo McDonald’s e KFC. Isso se deve ao fato da crescente demanda por sanduíches feitos à base de frango e também pela escassez de mão de obra, o que torna-se um impasse para a expansão da produção desta proteína.

Já se adotarmos uma visão de médio e longo prazo, até 2025 a carne de frango será a mais consumida, segundo as principais consultorias de mercado, o fenômeno que ocorreu ao longo de 2020, irá se tornar uma realidade nos próximos anos. Segundo análise trazida pelo Canal Rural, o principal fator que corrobora com esta perspectiva é a preferência do consumidor, já que de acordo com a matéria, a procura pela carne bovina seguirá em queda, a suína terá um crescimento acompanhando o da população e desta forma a carne de frango pode tornar-se a mais consumida até 2025.

 

Fatores decisivos 

Nas últimas décadas, as inúmeras transformações pela qual atravessou o setor avícola mundial, permitiram de maneira gradativa que a carne de frango se torna-se uma das proteínas mais consumidas pelo mundo e de forma disparada a mais buscada pelo consumidor brasileiro, entre os principais fatores que justificam este movimento, estão:

  • É a alternativa de menor custo de aquisição quando comparado a outras proteínas animais (bovinos, suínos, peixes, etc).
  • Aumento exponencial na utilização de recursos tecnológicos no setor, possibilitando a queda no preço do frango aos produtores e, por conseguinte, aos consumidores.
  • Por se tratar de uma carne “magra”, alguns consumidores passaram a adotar novos hábitos alimentícios, tendo no frango a alternativa de alimentação mais saudável.
  • A queda na receita de grande parte da população brasileira fez com que os produtos avícolas se tornem a alternativa mais acessível para a alimentação.

 

Com as perspectivas de incremento no consumo de carne de frango, é muito importante que o setor esteja preparado para a maior demanda, e que as condições para um aumento de produção sejam encontradas. Dois pontos são fundamentais para este cenário: a continuidade do brilhante trabalho executado por todos os integrantes da cadeia avícola e o incentivo por parte do poder público para a garantia da expansão da produção, como é o caso da oferta de grãos para a alimentação dos plantéis.

Gostou deste conteúdo? Queremos saber sua opinião sobre este assunto, deixe nos comentários, compartilhe com seus amigos e visite as redes sociais do Avicultura Blog, temos sempre muitas novidades por lá. Vamos juntos fortalecer ainda mais o setor avícola, pois a avicultura é nossa paixão!

FONTES DE PESQUISA: Fonte1 | Fonte2 | Fonte3 | Fonte4 | Fonte5

Comentários: