Arábia Saudita suspende implementação de shelf life de três meses para carne de frango

As autoridades sanitárias do Reino da Arábia Saudita acolheram os argumentos das nações exportadoras, inclusive do Brasil, e de stakeholders locais, e decidiram pela suspensão da implementação da medida que determinava a adoção de um shelf life (prazo de validade) para a carne de frango congelada em três meses.

Os argumentos do Brasil foram apresentados pelo Governo brasileiro com o apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), com base nas normas do Codex Alimentarius e outras normas internacionalmente estabelecidas, que atribuem, entre outras coisas, a determinação do prazo de validade ao produtor. 

“A acolhida da decisão restabelece os processos de nossas tratativas com o fundamental mercado da Arábia Saudita sob os critérios que norteiam o comércio internacional de alimentos. É uma notícia importante para os exportadores brasileiros, que tem uma sólida e longa relação com este mercado”, avalia Ricardo Santin, presidente da ABPA.

Fonte: ABPA

Comentários: