3ª Conbrasul Ovos: Eduardo Santos apresenta Projeto Vision 365

Lançado pelo IEC, com sede em Londres, projeto prevê aumentar o consumo médio mundial de ovos para 365 ao ano nos próximos 10 anos com campanhas de promoção do alimento.

Acelerar o consumo médio global de ovos de 165 para 365 ovos per capita nos próximos 10 anos é o objetivo do projeto Vision 365 do IEC (Comissão Internacional de Ovos, da sigla em inglês), apresentado pelo presidente Executivo da Asgav (Associação Gaúcha de Avicultura) e da Conbrasul Ovos, José Eduardo dos Santos, durante a 3a Conbrasul Ovos (Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos).

Ele destaca uma projeção da IEC que estima o consumo mundial em 365 ovos per capita na próxima década. “Por isso é preciso destacar a reputação do ovo e divulgar seus extraordinários benefícios focando em promover o consumo. O ovo é considerado um dos mais perfeitos pacotes nutritivos e perfeito para o mundo. É um dos melhores alimentos e pode desempenhar papel essencial no enfrentamento da alimentação da sociedade. E aumentando a população, o ovo pode contribuir para erradicar a desnutrição da forma mais ambientalmente sustentável”, disse.

Durante sua conferência, ele exibiu um vídeo do Presidente do IEC, Suresh Chitturi, gravado especialmente para os congressistas da 3a Conbrasul Ovos. Nele, Chitturi convidou os produtores do Brasil a se associarem a entidade nesta iniciativa. “Esta é uma meta de 10 anos através da qual buscaremos desenvolver a reputação nutricional dos ovos em escala internacional”, explicou.

Ele salienta que a ONU nomeou o ovo um ingrediente estrela, destacando “o incrível poder do ovo para unir pessoas, nutrir e abastecer o nosso futuro. Como o ovo une ingredientes, nós, como indústria, somos inspirados a nos unir para criar um futuro brilhante. E esta é uma oportunidade significativa para cada um de nós”, afirmou ressaltando que “temos um movimento vibrante e crescente, que é posicionar o ovo como alimento essencial para a saúde”, disse.

O Brasil é o quinto maior produtor mundial de ovos, atrás apenas da China, dos Estados Unidos, da Índia e da Indonésia, e também um dos que mais aumentaram o consumo per capita de ovos no período de 2010 a 2020. “Uma alta de 90% no consumo, saltando de menos de 150 ovos per capita ao ano para 250 ovos per capita ao ano”, encerrou Santos.

 

Fonte:  Assessoria de imprensa

Comentários: